26 fevereiro 2010
O dia sem imigrantes

Reunidos a 30 de Janeiro de 2010 em Paris, em conselho de administração da CCPF, os representantes das associações portuguesas de França decidiram apoiar o dia 1 de Março de 2010 como o dia sem emigrantes.


Manifesto do colectivo “O dia sem imigrantes”:

“Nós, homens e mulheres de todas as crenças políticas e religiosas e de todas as cores de pele, imigrantes, descendentes de imigrantes, cidadãos conscientes do contributo necessário da imigração no nosso país, já ouvimos o suficiente de discursos indignos por parte de alguns políticos em estigmatizar ou criminalizar os imigrantes e os seus descendentes.

Lembramos que um imigrante é aquele que é aceite pelos outros independentemente das suas origens. Queremos recuperar e reabilitar o que se tornou um termo pejorativo através de forças políticas.

Recusamos os estereótipos vinculados que ameaçam a nossa coesão social.Não aceitamos que os benefícios passados, presentes e futuros que os imigrantes sempre trouxeram para a construção da França, sejam facilmente negados. Entendemos que seja também nossa responsabilidade dar-lhes o devido valor.

Os imigrantes e os descendentes de imigrantes, têm-se demonstrado constantemente na defesa dos seus direitos. Em contrapartida, não receberam nada mais do que desprezo! Hoje, porque ficou acordado “o consumo é o motor do crescimento”, queremos agir nesse sentido para demonstrar a nossa indignação.

Dia 1 de Março de 2005, entrou em vigor o código do direito de residência de estrangeiros e de asilo, mais conhecido como o código de estrangeiros. Esta lei simboliza uma concepção utilitarista da imigração, por outras palavras, uma imigração selectiva com critérios económicos. Nós não podiamos encontrar melhor dia para estabelecer “o dia sem imigrantes”. Nós, imigrantes, descendentes de imigrantes, cidadãos conscientes do contributo necessário da imigração no nosso país, somos todos consumidores e participamos diariamente no crescimento do nosso país.

A nossa acção enquanto cidadãos tem por objectivo reforçar a contribuição de cada um de nós à prosperidade geral. Todos nós temos o poder de agir sobre o nosso futuro, então, aproveitemo-lo!

DIA 1 DE MARÇO DE 2010: AGIMOS DEIXANDO DE CONSUMIR E / OU TRABALHAR.

Durante 24 horas, não colaboramos na actividade económica nas empresas, nas associações, na função pùblica, nas escolas e liceus, nas universidades, nos hospitais, no comércio, na construção civil, na agricultura, nos serviços, na comunidade social, na política...

PELA 1° VEZ EM FRANÇA, DECIDIMOS NÃO PARTICIPAR NA VIDA DAS CIDADES. ATRAVÉS DESTA AUSÊNCIA, QUEREMOS DEMONSTRAR A NECESSIDADE DA NOSSA PRESENÇA.”

Desta forma, a CCPF pede a todos os imigrantes, às suas famílias e a todos os cidadãos ligados aos valores da Républica, que unam forças para que este dia sem imigrantes seja um grande sucesso. A CCPF apoia por completo esta acção, para que, na Républica todos os cidadãos quer sejam franceses ou imigrantes, o possam ser com todo o direito e sem quaquer discriminação em nome da Répubica. LIBERDADE- IGUALDADE – FRATERNIDADE Que todos possam viver com mùtuo respeito e com dignidade!

Apoio a:
ASSOCIATION LA JOURNEE SANS IMMIGRES - 24 H SANS NOUS
MAISON DES ASSOCIATIONS 14EME
BOITE AUX LETTRES N°81
22 RUE DEPARCIEUX 75014 PARIS
http://www.la-journee-sans-immigres.org